Foto: Miguel Ruiz / FC Barcelona
Por: Wellington Santos
 
Enfim, o jejum de Messi que durava três partidas, acabou e ele chegou ao tão esperado 700 gols na carreira, na última terça-feira (30). O atual melhor do mundo, marcou de pênalti, com cavadinha, no empate do Barcelona em 2 a 2 com o Atlético de Madrid, no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol.  
 
O jogador que estava na expectativa de chegar na marca histórica, havia passado em branco nas três últimas rodadas. Os últimos tropeços, fizeram o clube catalão perder a primeira posição para o Real Madrid na competição.  
 
Em pouco mais de dois anos, Messi fez 100 gols. Seu gol número 600 na carreira, foi em 05 de março de 2018, contra o mesmo Atlético de Madrid e mesmo goleiro Oblak, na oportunidade marcado de falta. 
 
Apesar do gol, Messi registra a marca em um momento bem conturbado do clube, onde membros da comissão técnica de Quique Setién entrou em conflito com vários jogadores, incluindo Lionel Messi.  
 
Desses 700 gols feitos por Messi, foram 630 pelo Barcelona e 70 pela seleção argentina, sendo 34 em amistosos. Já por competições oficiais, chegou à marca de 666 gols. 
 
Com o empate contra o Atlético de Madrid, o Barça chegou aos 70 pontos, com um a menos que o rival Real Madrid, que joga com o Getafe na quinta-feira (02), no Alfredo Di Stéfano.