(Foto: Reprodução/Redes sociais)
 
A forte chuva que caiu sobre Belo Horizonte neste fim de semana também atingiu a Cidade Administrativa, na Região Norte de Belo Horizonte. No início da tarde deste domingo (5), equipes seguiam os trabalhos para limpeza e retirada de água na sede do governo de Minas Gerais.
 
Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) informou que, por causa do temporal da noite desta sexta-feira (3), “a vazão de água proveniente da MG 010 atingiu o subsolo do edifício Minas da Cidade Administrativa, de onde seguiu para o subsolo do Centro de Convivência e do prédio Gerais”.
 
A Cidade Administrativa custou R$ 1,3 bilhão e foi inaugurada em março de 2010, durante governo de Aécio Neves (PSDB). Ela fica em uma área de 290 mil metros no bairro Serra Verde. No local, funcionam, além da sede do governo mineiro, além de diversas secretarias e órgãos estaduais.
 
Os trabalhos para retirada da água começaram logo na manhã deste sábado (4). De acordo com a secretaria, não houve danos a equipamentos ou estrutura.
 
Ainda segundo a Seplag, por volta das 12h40, os subsolos do Centro de Convivência e do prédio Gerais já haviam sido liberados. A previsão é que o subsolo do prédio Minas seja liberado ainda neste domingo.