Reporter: Ricardo Freitas 
Foto: Ricardo Freitas
 
A Policial Militar Ambiental (PMA) multou um guia de turismo em R$ 5 mil após ele postar uma foto segurando um jacaré da espécie papo-amarelo em Bataguassu, no sul do estado. A fotografia repercutiu nas redes sociais e chegou à polícia, que passou a investigar o caso.
 
" Agrediu a natureza, a repercussão foi muito grande no estado e nós fomos atrás dessa pessoa, como a cidade não é muito grande não tivemos muito dificuldades para identifica-lo", explicou o coronel da PMA, Ednilson Queiroz.
 
O guia de turismo trabalha em uma pousada no município, foi autuado na quinta-feira (6) e disse que segurou o animal para exibir para turistas. Ele informou que não sabia que o tinha feito era um crime.
 
O jacaré do-papo-amarelo está lista dos animais protegidos pela Convention on International Trade in Endangered Species of Wild Fauna and Flora (Cities), um organismo internacional que proteção ao Meio Ambiente. De acordo com a PMA, animais silvestres não podem ser tocados e nem retirados do ambiente que vivem.
 
"A lei é clara, esses animais não podem ter o cotidiano modificado pelo homem, isso causa um grande estresse para o bicho e representa um risco para as pessoas" , explicou o coronel.