Foto: Caio Henrique
Por Sam Oliver
 
 
      O Motel Sonotur, localizado na BR 135,Vila Sion, em Montes Claros, encontra-se em estado de abandono total.  Logo após os proprietários do grande estabelecimento terem abandonado o Motel, o lugar está sendo utilizado como morada para andarilhos, além de ponto de uso de droga por usuários.  O estabelecimento é antigo na cidade, tendo aproximadamente 40 anos.
 
A estrutura do local hoje está completamente destruída, o que um dia foi um motel de luxo, agora ostenta um palco de destruição. Vidros quebrados por toda parte, grandes espelhos estilhaçados, peças em mármore roubados, camas destruídas, piscinas abandonadas, suítes alagadas, estacionamento invadido pelo mato.
 
O problema está afetando a vida de moradores, pois a estrutura quebrada acumula água parada e já coleciona inúmeros focos de dengue, além de vários animais peçonhentos que são traídos por moradia.
 
Na suíte Presidencial dá pra ver bem a destruição em que o motel está, já que a suíte era a mais luxuosa e cara, porém hoje está alagada e os poucos resquícios do que o lugar costumava ser está hoje destruído. A pista de dança, com espelhos por toda parte e a cama gigante estão irreconhecíveis depois que pessoas vandalizaram o lugar, carregando tudo do Motel.
 
Nossa equipe de reportagem esteve no local e constatou o vandalismo na estrutura do ambiente, que além de ter sido roubada está sendo ponto de utilização de drogas. Diversas garrafas de bebida, várias bitucas de cigarro e resquícios de outras drogas foram encontrados no local, além de pedras e pedaços de cano usados para depredar a estrutura.
 
Além de todos esses agravantes, a criminalidade no local e o aumento da prostituição é algo que tira o sono de quem mora perto do Motel. Os indivíduos roubam os moradores e quem passa pela redondeza, causando medo em todos. Várias pessoas estão usando o lugar como ponto de prostituição e práticas sexuais, por todo lado é possível encontrar preservativos usados  e os casais que vão ao lugar praticar tais atos não respeitam a privacidade da vizinhança.
 
A segurança, privacidade e saúde dos moradores estão em risco, como disse uma das moradores em conversa com nossa equipe: ”Nós estamos sofrendo, meu filho! Somos poucos, mas pagamos impostos como qualquer outra pessoa. Meu pai tem câncer e em um desses dias numa briga deles aí dentro por drogas jogaram uma pedra e quase acertaram ele. Não temos a quem procurar, nós aqui do bairro já ligamos pra várias pessoas, inclusive a Cemig, para que resolvam o problema do gerador, por exemplo, onde os vândalos tiraram os cabos de sustentação e ameaça cair, mas nunca vieram até aqui. É difícil!”.
 
Procuramos a Prefeitura Municipal de Montes Claros para falar a respeito da situação do Motel Sonotur, porém a mesma disse não saber do caso e que o máximo que a Prefeitura poderia fazer é a limpeza do lugar e que iria averiguar corretamente a real situação.
 
Enviamos nota à Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG) para tratar do assunto do gerador que ameaça a segurança dos moradores, porém a empresa não se procunciou.