Foto: Reprodução/TV TEM
 
O rapaz suspeito de matar com um tiro na cabeça o jovem Natan Fernando Pezolito, de 20 anos, foi preso nesta segunda-feira (6), em Mirandópolis (SP).
 
Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito foi intimado a prestar depoimento na polícia, onde confessou o crime e disse que o tiro foi acidental. Na sequência, ele foi preso em flagrante e ficou à disposição da Justiça.
 
Natan foi atingido pelo disparo de arma de fogo na madrugada do dia 22 de dezembro em um sítio de Mirassolândia. Um amigo dele afirmou que o suspeito de cometer o crime fez roleta-russa com a vítima e outros jovens.
Após ser baleado na região da cabeça, Natan foi socorrido e levado para o Pronto-Socorro de Mirassolândia. Contudo, por causa dos ferimentos, ele precisou ser transferido para o Hospital de Base de São José do Rio Preto (SP), onde teve morte cerebral confirmada e permaneceu respirando com auxílio de aparelhos.
 
Segundo o boletim de ocorrência, a comunicação do óbito foi feita três dias depois do jovem ser baleado. O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para passar por exames. O projétil retirado da vítima foi entregue para a Polícia Civil para ser periciado.
 
O enterro de Natan foi realizado no Cemitério Municipal de Guapiaçu (SP), na tarde do dia 25 de dezembro. Amigos e familiares fizeram uma cavalgada para homenageá-lo.
 
Fazia roleta-russa
 
De acordo com o estudante Júlio Rodrigo Piva Dias, que era amigo de infância da vítima, o irmão da aniversariante, um rapaz de 24 anos, entrou no quarto e voltou armado com um revólver. Em seguida, ele abriu o tambor da arma de fogo e foi para a sala do sítio onde Natan estava sentado com amigos.
 
“Ele falou para brincarmos de roleta-russa. Eu perguntei para ele o que era isso e ele explicou que era para colocar uma bala no tambor, rodar e atirar. A gente respondeu que ele estava louco, que era para sair fora disso. Ele sentou no canto do sofá e apontou a arma e atirou em falso. Ele fez isso três vezes, até mirar no Natan e disparar”, disse Júlio.