Repórter Manoel Freitas
Coletiva Silvana Miranda  
Foto Manoel Freitas

   Hoje à tarde, em Brumadinho. Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, falou sobre a dimensão do rompimento da barragem da Vale.

Garantiu que o Ministério Público Brasileiro está empenhado para adoção de todas as medidas necessárias ao auxílio das vítimas, quer seja no resgate e identificação dos desaparecidos.

Por outro lado, salientou haver protocolos científicos que garantem a segurança das barragens,”mas que precisam ser aprimorados, porque têm falhado”.

Lembrou que Minas Gerais tem quase 700 barragens, “classificadas de acordo com seu risco de rompimento”, e que é preciso reduzir esses riscos e que suas informações sejam confiáveis.

Acerca da preocupação dos Norte-mineiros de a lama chegar ao Rio São Francisco, opinou ser preciso analisar uma série de fatores e que qualquer dedução hoje seria prematura.

Mais ainda, revelou que as autoridades trabalham com a possibilidade de o número de mortos ultrapassar 400 trabalhadores da Vale.

Brumadinho, 26 de janeiro de 2019, Minas Gerais, Brasil.