Repórter Silvana Miranda 
 
Ouça o áudio na íntegra sem edição 
 
Repercutiu enormemente o pronunciamento feito ontem pela manhã, na sessão ordinária da Câmara Municipal de Montes Claros, do vereador Oliveira Lega, que leu da tribuna documento enviado pelo deado Estadual Carlos Pimenta, do PDT, pedindo aos seus aliados para não votarem a favor do pedido de Censura contra o secretário municipal de Esportes, Igor Dias. Com o voto de censura, o prefeito Humberto Souto teria que afastá-lo. 
 
No seu discurso, mais ainda, Oliveira Lega provou que o deado Carlos Pimenta sugere que as verbas que destinar à Prefeitura Municipal, via Secretaria de Esportes, sejam utilizados apenas para atender quem o apoiou na eleição do ano passado. Na íntegra, esse foi o pronunciamento do vereador e policial Oliveira Lega, que cobra da mesa diretora da Câmara uma postura contra o parlamentar do PDT: 
 
“Eu espero que a Câmara Municipal de Montes Claros tome as providências, porque a partir do momento em que houve interferência do deado Carlos Pimenta no poder Legislativo.  Vejam bem, olhem o texto enviado pelo deado Carlos Pimenta: caros amigos, diante a possibilidade de a Câmara Municipal de Montes Claros punir o secretário de Esportes Igor Dias com voto de censura, e após assistir o vereador Lega citar indevidamente o meu nome como o responsável por sua indicação ao primeiro escalão do prefeito Humberto Souto, e, ainda diante da possibilidade de eu destinar verba de emenda parlamentar para o secretário Igor atender as nossas reivindicações que irão beneficiar os vereadores que me apoiaram nas eleições passadas, venho pedir ao caro amigo vereador o voto contrário à censura do secretário de Esportes ou mesmo a abstenção na votação do voto de censura. Posteriormente irei solicitar uma reunião com o secretário Igor com nossa turma para explicações e compromisso de usar a emenda parlamentar  que irei destinar à Secretaria de Esportes para atender nossos companheiros, obrigado pela atenção. Assim, não tem como admitir uma situação dessas, uma interferência total na Câmara de Vereadores de Montes Claros, mas infelizmente é assim que funciona.
 
 
segundo o vereador Câmara Municipal tem interferência do deado Carlos Pimenta, e punição por incompetência para o secretário de esportes,